terça-feira, 28 de agosto de 2012

COMO VIVEMOS HOJE, SERÁ QUE SOMOS OBEDIÊNTES A DEUS?


Estudando as cartas de Paulo aos Gálatas ou aqueles nascidos na Galácia, no capítulo 3 a partir do verso 23, o apóstolo dos gentios revela a eles que antes vivíamos debaixo da lei, que foi trazida até nós através de Moisés e que após a vinda de Jesus, hoje viveríamos não mais na lei, mas pela fé e que a lei havia servido de escudo para nós até a vinda de Jesus.

Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar.
De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados.
Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio. 
Gálatas – Capítulo 3 versos 23 a 25
Muitos estudiosos da Palavra de Deus hoje têm questionado isto e interpretam totalmente errado o texto e dizem que não necessitamos mais do velho testamento e sim que a partir da vinda de Jesus o que ficou para trás havia morrido, mas não é bem assim.

Jesus quando começou suas pregações deixou bem claro que Ele não havia vindo para acabar com a lei, mas sim dar continuidade ao que já havia sito dito.

Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir.
Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido.
Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus. 
Mateus – Capítulo 5 versos de 17 a 19

Inclusive Jesus nos adverte que todos os mandamentos ainda valem e que quem não os cumprisse estariam condenados.  Por isto meus amados temos que tomar cuidado ao interpretar a Palavra de Deus para que não estejamos na carne e sim no Espírito Santo para que as revelações venham até nós.

Jamais Jesus iria trazer um ensinamento destruindo tudo que seu Pai já havia nos dito, ou seja, as inúmeras leis passadas por Moisés para nós nos livros de Gêneses, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio. Muitas coisas foram mudadas pelo homem para o seu bem estar, e com isto passamos a descumprir fielmente as leis de Deus, pois na maioria das vezes viemos de religiões que nos foram passadas pelos nossos pais e com isto trazemos muitos erros, pois no passado muitas coisas foram escondidas dos fieis a respeito da lei de Deus e muitos reis criaram leis para o povo e muitos desses reis eram pagãos.

Estudando os 10 mandamento de Deus verificamos que estamos totalmente fora dos trilhos da salvação, pois estamos descumprindo fielmente o que Deus disse que deveríamos fazer para tê-lo ao nosso lado.

Veja a seguir e tente interpretar onde estamos errando?

Os Dez Mandamentos de Deus para nós - Êxodo – Capítulo 20 versos de 1 a 17

1 - Então falou Deus todas estas palavras, dizendo: Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão. 
Não terás outros deuses diante de mim.

2 
- Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam. E faço misericórdia a milhares dos que me amam e aos que guardam os meus mandamentos.

3 -
Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão.

4 -
Lembra-te do dia do sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás, e farás toda a tua obra. Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus; não farás nenhuma obra, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o teu estrangeiro, que está dentro das tuas portas. Porque em seis dias fez o Senhor os céus e a terra, o mar e tudo que neles há, e ao sétimo dia descansou; portanto abençoou o Senhor o dia do sábado, e o santificou.

5 - Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.

6 -
Não matarás.

7 -
Não adulterarás.

8 -
Não furtarás.

9 -
Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.

10 -
Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.

Creio que no primeiro mandamento já erramos quando Deus nos disse que não teríamos outros deuses diante dele, pois quantos de nós hoje não estamos adorando outros deuses e nos dobrando diante deles? 

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

SALMO 23 DE DAVI


Vamos fazer um estudo detalhado do Salmo 23. Esse Salmo foi escrito pelo Rei Davi e como consta na Palavra de Deus (Bíblia), Edição de Estudos Almeida, ele faz parte dos Cânticos de Confiança, ou seja, quando Davi foi inspirado por Deus para escrever esse Salmo ele sentia tanta confiança em Deus que tentou expressar tudo que sentia naquele momento.

Quando ele diz: O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Davi alegava que ele tinha plena confiaça que tudo aquilo que ele pedisse a Deus o Pai lhe daria, pois quem serve a Deus jamais será desamparado. Onde Davi buscou essa confiança? No estudo da palavra pois essa foi uma das ordens de Deus para seu povo, medite na palavra de dia e de noite e eu serei contigo.

No verso seguinte: Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas. Davi deixa transparecer que quem andar debaixo da cobertura espiritual de Deus jamais passara por aflições e ele confiava plenamente naquilo que estava falando.

Davi sabia também que a presença de Deus em sua vida era refrigério para sua alma e que ele sempre iria ser justo pois Deus sempre iria guiar seus passos.  Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome. Que  ele teria paz e sua alma estaria tranquila.

Mas Davi sabia que mesmo andando debaixo da cobertura espiritual de Deus ele teria momentos difícieis, mas a mão de Deus estaria sempre sobre sua vida e que mal nenhum atingiria sua vida.  Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. Mesmo que seus inimigos tentassem contra sua vida Deus viria em seu socorro.

Davi tinha convicção de que seus inimigos sempre cairiam pois desde quando foi ungido pelo Profeta de Deus, ele passou a fazer parte da família de Deus. Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda. Davi sempre honrou a escolha que Deus fez e transformou sua vida para sempre, pois a partir do momento que Davi foi ungido sua vida mudou para sempre. Ele teria sempre mais e mais, pois essas foram as promessas de Deus para sua vida.

Ele sabia que se andasse nos caminhos de Deus a misericórdia de Deus sempre estaria sobre sua vida e que sempre que ele buscasse iria achar  e após sua partida ele estaria na presença de Deus. Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do SENHOR por longos dias.

Esse Salmo mostra claramente o quanto Deus tem para aqueles que andam nos seus caminhos e o buscam insensantemente, pois Davi mesmo ungido por Deus ainda errou, mas Deus teve misericória dele pela sua humildade e o seu arrependimento. E nós muitas vezes erramos mas será que estamos fazendo igual ao Rei Davi, nos arrependendo dos nossos erros? O erro é natural do ser humano, não devemos é permanecer no erro. Para evitar o pecado devemos meditar na Palavra de Deus, pois ela nos conforta e nos alivia dos sofrimentos que muitas vezes temos que passar.

Assim como Deus disse para Josué é uma mensagem de como devemos proceder para estar debaixo da cobertura espiritual de Deus. Assim Deus deixou para cada um de nós que somos chamados filhos de Deus essa verdade, que devemos colocar em prática para que possamos ser felizes e bem sucedidos na nossa caminhada pela terra e quando vier dias piores sempre nos lembremos dessa mensagem de Deus para as nossas vidas.
Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido. Josué - Capítulo 1 verso 8

  Transcrições Bíblicas - Almeida Corrigida e Revisada Fiel - Bíblia Online

sábado, 18 de agosto de 2012

COMO É BOA A PRESENÇA DE JESUS!


A maioria das pessoas quando têm Jesus como Senhor e Salvador da sua vida, experimentam uma grande mudança em sua vida. Porque acontece isto?  Na Palavra de Deus no livro de Mateus isto fica bem claro. Veja a seguir essa passagem:

Jesus, porém, ouvindo que João estava preso, voltou para a Galiléia;
E, deixando Nazaré, foi habitar em Cafarnaum, cidade marítima, nos confins de Zebulom e Naftali;
Para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta Isaías, que diz:
A terra de Zebulom, e a terra de Naftali, Junto ao caminho do mar, além do Jordão, A Galiléia das nações;
O povo, que estava assentado em trevas, Viu uma grande luz; E, aos que estavam assentados na região e sombra da morte, A luz raiou.
Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus. 
Mateus – Capítulo 4 versos de 12 a 17

            Mateus deixou bem claro que toda aquela região para onde Jesus foi morar e que vivia em trevas e todo tipo de perdição passou a viver na luz. As pessoas que antes andavam no vale da sombra da morte agora viram a luz no vale e passaram a experimentar uma luz que trazia paz e harmonia para todos.

            Muitas vezes andamos por lugares áridos cheios de espinhos, com uma vida em turbulência e pensamos que não tem jeito, que chegamos ao fundo do poço e não conseguiremos ver a luz.

            Essa Luz que aquele pessoal viu está à disposição de todos, basta que a tenhamos em nossos corações, mentes e comportamento.

            É tão fácil, mas muitas vezes temos que andar por caminhos tortuosos para encontrá-la. Mas é através destas dificuldades permitidas por Deus que aprendemos e encontramos o caminho que nos leva a paz, uma paz abundante que é muito difícil de explicar.
            Muitos hoje estão vivendo por caminhos tortuosos, assim como um dia eu vivi, mas encontrei a luz quando entendi o verdadeiro sentido da morte de Jesus na cruz. Passei a entender o verdadeiro sentido do sangue derramado por Ele e de todo o seu sofrimento que para mim não foi em vão e sim para que eu fosse salvo dos meus pecados e retornasse para Deus.

            As dificuldades para entender tudo isto é que muitas vezes temos que nos desfazer de um homem velho, cheios de mazelas e nascer novamente um homem novo, cheio de virtudes e com vontade de ir ao encontro de Deus. Quando assisti ao filme “O PEREGRINO”, ai é que entendi mais ainda o verdadeiro sentido da vida.

            O Espírito Santo, hoje conosco, tenta de toda forma nos alertar para o caminho que temos que seguir para conquistar à salvação, mas nossos ouvidos estão tampados e nossos olhos nublados para a vida espiritual.

            Muitas vezes enveredamos por caminhos que a vida nos apresenta, mas que na maioria das vezes são tortuosos e que nos levam a perdição e nos desviam do caminho da salvação. Muitos hoje vivem assim, andando tal como zumbis vivendo uma vida do terra-a-terra, dos prazeres mundanos e só lembram-se da sua espiritualização no momento em que as dificuldades vêm ao seu encontro, esquecendo que a finalidade maior de estarmos hoje na terra é crescer espiritualmente e voltarmos para Deus, pois Ele nos quer de volta, pois o Pastor veio para apascentar as ovelhas que estavam perdidas, como diz a Palavra de Deus.

            Quando faço uma reflexão sobre a volta de Jesus para a Galiléia, no capítulo 4 de Mateus, vejo como também vivia como aquele povo da Galiléia, sem luz e na sombra da morte. Através da presença de Jesus na minha vida eu renasci e voltei ao aprisco das ovelhas, ao encontro do Pai.

Transcrições Bíblicas - Almeida Corrigida e Revisada Fiel - Bíblia Online

sábado, 4 de agosto de 2012

PORQUE AINDA SOFREMOS TANTO?


Muitas vezes ficamos pensando, porque pecamos tanto e não conseguimos nos libertar dessa chaga que nos derruba e nos leva para baixo cada vez que caímos. De uma coisa tenho certeza, que após a morte de Jesus naquela cruz fomos libertos do pecado, pois o sangue dEle vertido na sua morte lavou nosso espírito, o véu se rompeu e nós a partir daquele momento tivemos uma nova oportunidade dada por Deus para que fossemos salvos do pecado. O Aposto Paulo deixou bem claro isto quando escreveu sua epístola aos Romanos e dizia o quanto ele tinha dificuldades para si libertar do pecado.

De maneira que agora já não sou eu que faço isto, mas o pecado que habita em mim.
Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem. 
Romanos – Capítulo 7 versos:17 e 18

Mas mesmos assim muitas vezes ficamos a indagar porque pecamos? Porque transgredimos uma das leis naturais de Deus e deixamos a carne sobrepor ao espírito. Para que sejamos libertos da  escravidão do pecado em primeiro lugar temos que ter Jesus como nosso Senhor e Salvador, pois Ele mesmo disse que o único caminho que nos leva até Deus é somente Ele e não há intermediários entre Deus e nós, apenas Jesus.

Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João – Capítulo 14 verso 6

Paulo ainda falou mais: Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço. Romanos  - Capítulo 7 verso 19

Ele demonstrava o quanto o pecado ainda estava atuando em sua carne: Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim.  Romanos – Capítulo 7 verso 20

O Apóstolo dos gentios lutava naquele momento contra os seus maiores fantasmas, seus erros e defeitos, mas uma coisa muito importante é que ele reconhecia seus erros, o que muitas vezes nós não fazemos e continuamos a errar e a errar cada vez mais. Ele lutou tanto que encontrou através de Jesus a sua libertação, pois escreveu o seguinte:

Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.
Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte. 
Romanos – Capítulo 8 versos 1 e 2

Paulo reconhecia que através de Jesus ele havia encontrado sua libertação e que essa libertação o levaria a vida eterna, pois antes de conhecer a Jesus, Paulo vivia ainda usando a lei como escudo para perseguir os cristãos e não entendia como um filho de carpinteiro podia ser o Messias, aquele que vinha para libertar o povo de Deus da escravidão do pecado.

Como é bonito estudar essas passagens e entender o que Paulo queria nos dizer sobre o pecado e a liberdade que nos trás a paz, quando buscamos de coração através do estudo da Palavra de Deus, pois muitas vezes passamos por várias situações difíceis e não entendemos o porque das nossas dificuldades e dos nossos problemas. Mas a raiz de tudo está no mal implantado nos corações dos homens.

Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?
Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?
Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.
Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós.
Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?
Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro.
Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.
Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,
Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. 
Romanos - Capítulo 8 versos de 31 a 39


Transcrições Bíblicas - Almeida Corrigida e Revisada Fiel - Bíblia Online

O HOMEM E O PECADO

E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.  Gênesis – Capítulo 1 verso 27 Como também nos el...