sexta-feira, 19 de junho de 2015

A PURIFICAÇÃO DOS NOSSOS PECADOS

Estudando Paulo o apóstolo da graça, sua vida cartas e teologia, de F. F. Bruce, aprendo que Paulo retrata muito bem Cristo após sua conversão quando estava a caminho de Damasco, quando da sua conversão ao cristianismo. Paulo levou a fundo os estudos das cartas dos apóstolos e como ele já tinha conhecimento dos antigos relatos bíblicos, Paulo passou a ser um fiel escudeiro de Jesus em levar seus ensinamentos a todos àqueles carentes e aflitos da sua época e da nossa também, necessitados de conhecimentos e aprendizados do reino de Deus aos quais não puderam e não tiveram a mesma oportunidade em conhecer como Ele conheceu Jesus.

Graças a Paulo hoje podemos conhecer e estudar a fundo as passagens de Jesus que lhes fora revelada, através do Próprio Cristo e também do Espirito Santo.

Paulo lembra quando escreveu aos Hebreus que Jesus Cristo purificou nossos pecados, e nos chama a atenção para que olhemos para o evangelho de João no capítulo 1, versos de 1 a 4, onde está implícita a participação de Jesus na criação do universo juntamente com Deus. Ele era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. A vida estava nele e a vida era a luz dos homens. E por tudo isto fez a purificação dos nossos pecados e assentou-se à destra da majestade nas alturas.

O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas; Hebreus – Capítulo 1 verso 3


Em 1 Pedro somo lembrados que fomos resgatados nem por ouro ou prata, mas pelo precioso sangue de Jesus, que si doou por nós para que nossos pecados fossem perdoados e realmente recebemos o selo da libertação da escravidão do pecado e da morte eterna. Mas ainda até hoje muitos não aceitaram isto e muitos ainda resistem em entender o real sentido deste sacrifício.

Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais,
Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado,  1 Pedro – Capítulo 1 verso 18 e 19

João o discípulo amado escreveu que somos purificados pelo sangue de Jesus, mas que isto somente acontece com aqueles que andam na luz, pois onde existem trevas não há luz e onde há trevas ainda não existe o perdão do pecado. No evangelho 1 João, o apóstolo relatou que somos certificados de que o sangue de Jesus nos purifica de todo pecado e se ainda existe em nós rancor, amargura, falta de perdão, etc., é porque o pecado ainda mora no nosso coração.

No livro de Apocalipse de João fica evidente que aquele que nos ama, pelo seu sangue nos libertou dos nossos pecados e que sua morte na cruz não foi em vão, pois através dela o véu se rompeu e novamente tivemos acesso ao trono de Deus que havia se fechado com o pecado do homem.

Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado. 1 João – Capítulo 1 verso 7

E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dentre os mortos e o príncipe dos reis da terra. Àquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados, Apocalipse - Capítulo 1 verso 5

Mas acima de tudo os evangelhos nos informam que Jesus disse que veio para dar sua vida em resgate por muitos e por sua humildade disse também que não veio para ser servido e sim para servir, servir de oferta a Deus como cordeiro pelos nossos pecados, pois o homem carecia de uma nova oportunidade para voltar para os braços do Pai e esta foi à vontade de Deus para a humanidade, dar seu Filho por nós para que nossos pecados fossem lavados pelo seu sangue derramado na cruz do calvário.

Porque o Filho do homem também não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos. Marcos – Capítulo 10 verso 45


E assim Isaias escreveu que o perdão dos nossos pecados viria através da vinda do messias e que Ele sofreria todo tipo de humilhação em nosso lugar e tudo isto foi escrito lá no velho testamento o que foi testificado e se fez com a vinda de Jesus que morreu por nós e abriu as portas do céu para aqueles que desejam receber a salvação.

Todavia, ao Senhor agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando a sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias; e o bom prazer do Senhor prosperará na sua mão.
Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos; porque as iniquidades deles levará sobre si.
Isaías -  53 versos 10 e 11


Transcrições Bíblicas – Almeida Corrigida e Revisada Fiel – Bíblia Online


sexta-feira, 5 de junho de 2015

O PORQUÊ DAS NOSSAS TRIBULAÇÕES?

Passamos por tribulações e muitas vezes não entendemos e não sabemos os motivos por que estamos passando por dificuldades. Na Palavra de Deus existem várias passagens onde Deus chama nossa atenção dizendo que iriamos ser provados ao longo da nossa jornada como forma de mostrar nossa fidelidade a Ele ou então provar nossa fé, não foi o que Deus fez com Jó, quando provou a fidelidade dele e sua fé?

Pedro deixou isto bem claro em suas pregações quando disse que diante das tentações nossa fé seria provada e que ela é muito mais preciosa do que o ouro que perece diante do fogo.

Em que vós grandemente vos alegrais, ainda que agora importa, sendo necessário, que estejais por um pouco contristados com várias tentações,
Para que a prova da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro que perece e é provado pelo fogo, se ache em louvor, e honra, e glória, na revelação de Jesus Cristo; 1 Pedro – Capítulo 1 versos 6 e 7

O Apóstolo Paulo quando escreveu sua carta aos Hebreus deixou bem claro que seriamos humilhados e passaríamos por aflições, seriamos insultados, passaríamos por tribulações, seriamos roubados, mas de uma coisa deveríamos saber que mesmo diante de todas estas coisas o melhor estaria guardado para nós, um céu, pois Jesus rasgou o véu que nos separava do amor de Deus, com sua morte lá na cruz e hoje temos a oportunidade de entrar nos portões do céu e ser recebidos pelos anjos de Deus que nos aguardam de braços abertos, mas para isto, temos que ter Jesus como nosso único Senhor e Salvador.

Lembrai-vos, porém, dos dias passados, em que, depois de serdes iluminados, suportastes grande combate de aflições.
Em parte fostes feitos espetáculo com vitupérios e tribulações, e em parte fostes participantes com os que assim foram tratados.
Porque também vos compadecestes das minhas prisões, e com alegria permitistes o roubo dos vossos bens, sabendo que em vós mesmos tendes nos céus uma possessão melhor e permanente.
Hebreus – Capítulo 10 versos 32 a 34

Como nossa fé é provada?

- Como está no capítulo 1 do livro de Jó, onde Deus permitiu a satanás que tocasse em tudo que Jó tinha inclusive seus filhos e filhas que foram todos mortos e Jó perdeu tudo que tinha passando de um homem rico e poderoso na terra de Uz para um homem pobre e sem nada ainda cheio de pragas. Mas Jó resistiu até o fim e provou sua fé a Deus recebendo de volta tudo que tinha e sete vezes mais.

- José quando trabalhava na casa de Potifar depois de ser comprado como escravo foi tentado pela mulher de seu senhor a se deitar com ela, onde o mesmo se negou, mas ela o acusou e José foi levado à prisão perdendo toda a regalia que havia adquirido na residência de Potifar, mas o Senhor Deus era com José e na prisão José conseguiu conquistar novamente suas regalias, conquistando o carcereiro, passando de preso a tomador de conta de todos os presos – Genesis capítulo 39, versos de 7 a 23.

- Daniel por orar a Deus e por inveja foi lançado na cova dos leões, mas Deus estava com ele, e Daniel foi preservado. Daniel capítulo 6 versos 1 a 28; ou como disse o Apóstolo Paulo:

E, para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar. 2 Coríntios – Capítulo 12 verso 7

Por que Deus prova nossa fé?

A vontade de Deus prevalece sobre a nossa vontade, e muitas vezes nós queremos que isto seja ao contrário, mas Deus prova nossa fé para que Ele possa distribuir a cada um conforme o merecimento que cada cristão está tendo diante dos preceitos deixados por Ele em sua Palavra. Muitos querem que Deus lhes dê alguma coisa, mas geralmente não fazem por onde conseguir o merecimento do que está querendo ou necessitando e quando não conseguem começam a murmurar e muitas vezes até falar que Deus é injusto.  Muitos falam que não entendem como pode um ímpio ter mais que um cristão que está nos caminhos do Senhor. Uma coisa digo que o reino de Deus é muito mais difícil de ser conquistado do que as coisas da terra que geralmente são dadas por aquele que já está declaradamente vencido e nós sabemos quem ele é.

Os versículos abaixo foram lançados para arrematar o estudo em questão e esclarece bem quanto Deus provar nossa fé, principalmente o último quando Deus mandou Abraão levar seu filho Isaque ao monte e oferecê-lo em sacrifício, imagine o quanto Abraão não sofreu no seu caminho até a chegada ao monte para cumprir o que Deus lhe determinou, mas ele cumpriu e provou sua fé e no momento final Deus era com ele não deixando que Abraão sacrificasse Isaque. Assim Deus prova nossa fé. Devemos ficar atentos, pois a qualquer momento podemos ser testados quanto a nossa fidelidade e não podemos falhar .

Eu, o Senhor, esquadrinho o coração e provo os rins; e isto para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto das suas ações. Jeremias – Capítulo 17 verso 10

Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos. Salmos 139 verso 23

Para que a prova da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro que perece e é provado pelo fogo, se ache em louvor, e honra, e glória, na revelação de Jesus Cristo; 1 Pedro – Capítulo 1 versos 7

O crisol é para a prata, e o forno para o ouro; mas o Senhor é quem prova os corações. Provérbios Capítulo 17 verso 3

Então disse: Não estendas a tua mão sobre o moço, e não lhe faças nada; porquanto agora sei que temes a Deus, e não me negaste o teu filho, o teu único filho. Gênesis – Capítulo 22 verso 12



Transcrições Bíblicas – Almeida Corrigida e Revisada Fiel – Bíblia Online

MOMENTOS DE ANGUSTIA E AFASTAMENTO DE DEUS

E, entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram; E eis que no mar se levantou uma tempestade, tão grande que o barco era coberto pe...