domingo, 21 de dezembro de 2014

A PALAVRA INSPIRADA POR DEUS

Muitos céticos julgam que a Palavra de Deus em sua maioria é coisa de homem pois foi escrita por homens e não como dizem os que creem que é a pura Palavra de Deus em sua essência. A Palavra de Deus foi trazida até os homens através da inspiração do Espirito Santo encarregado de repassar aos homens um código de ética e conduta moral que os moldaria e os direcionaria na sua jornada pela terra. O homem encontra muita dificuldade em entender e colocar em prática os ensinos contidos na Palavra de Deus, pois quando ele começa a entender o que Deus fala e quer que faça aqui na terra, tem que ocorrer mudanças, transformações na vida diária para que seja colocada em prática os ensinamentos da Palavra de Deus e muitas vezes esbarra em algumas coisas que não gostaria de fazer pois tem que dedicar seu tempo em praticar a caridade o amor e principalmente a renúncia e o perdão.

Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça;
Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.

Realmente a Palavra de Deus é proveitosa, mas para que possamos entender o que Deus quer nos dizer temos que buscar em espírito e de coração aberto no estudo das escrituras porque se não assim o fizer apenas iremos ler e não entendermos nada. O Profeta Jeremias disse isto bem claro que realmente somente entenderíamos o que Deus queria nos dizer em Sua Palavra se o buscassemos com o coração aberto, caso contrário nada entenderíamos. Paulo quando pregou aos Gálatas deixou bem claro que a Palavra de Deus não era coisa de homens mas sim a revelação de Jesus Cristo.
E buscar-me eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração. Jeremias – Capítulo 29 verso 13

Mas faço-vos saber, irmãos, que o evangelho que por mim foi anunciado não é segundo os homens.
Porque não o recebi, nem aprendi de homem algum, mas pela revelação de Jesus Cristo. Gálatas – Capítulo 1 versos 11 e 12

Jesus disse que todo aquele que perseverá será salvo, mas para que isto aconteça temos que estar debaixo da cobertura espiritual de Deus e seus anjos, meditando de dia e de noite na Palavra de Deus, colocando em prática o que aprendemos, todo o ensinamento, retendo o que é bom desprezando o que não presta e caminhando para o alvo que é Jesus Cristo. O Apóstolo Amado, João, deixou bem claro no seu livro que a verdade da Palavra de Deus nos santifica e que todos que verdadeiramente passam a conhecer a Palavra de Deus, creem que Ela é Divina e foi Inspirada por Deus para guiar os homens em sua jornada pela terra. Muitos dos que desafiaram a Palavra de Deus tombaram pelo caminho e não conseguiram encontrar o que buscavam.

Homens irmãos, convinha que se cumprisse a Escritura que o Espírito Santo predisse pela boca de Davi, acerca de Judas, que foi o guia daqueles que prenderam a Jesus; Atos – Capítulo 1 verso 16

Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade. João – Capítulo 17 verso 17

Porque lhes dei as palavras que tu me deste; e eles as receberam, e têm verdadeiramente conhecido que saí de ti, e creram que me enviaste. João – Capítulo 17 verso 8

Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo. Mateus – Capítulo 24 verso 13

Com a morte de Jesus, o véu que nos separava do amor de Deus se rompeu e nós passamos a ter acesso diretamente a Deus, pois o próprio Jesus disse, “Tudo que pedires a meu Pai em meu nome Ele vos dará – João 14,13”, então hoje após a morte de Jesus na cruz o nosso intermediário entre nós e Deus é Jesus e nós podemos ir até Deus através das nossas orações fazer nossas petições e Ele ouvirá o nosso clamor.

Muitos leem a Palavra de Deus e nada entendem porque não buscam a inspiração do Espirito Santo, pois hoje Ele é o encarregado de nos mostrar a verdade, de clarear para nós o que Deus está querendo nos dizer dentro das escrituras e quais os direcionamentos Ele tem para as nossas vidas, por isto quando formos estudar a Palavra de Deus há a necessidade no início de uma oração pedindo ao Espirito Santo que nos guie através das letras do Santo Espirito ao destino que Deus tem para cada um de nós.

Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual foi por Cristo abolido;
E até hoje, quando é lido Moisés, o véu está posto sobre o coração deles.
Mas, quando se converterem ao Senhor, então o véu se tirará.
Ora, o Senhor é o Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade. 2 Coríntios – 3 versos 14 a 17



Transcrições BíblicasAlmeida Corrigida e Revisada FielBíblia Online

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

A LEI OU A GRAÇA?

Uma das promessas feitas por Deus ao seu povo é de que quando pedirmos perdão dos pecados Ele perdoaria nossas iniquidades e elas seriam lançadas no mar do esquecimento, ou seja, nunca mais voltariam a ser lembradas. Antes de Jesus nossos pecados eram levados ao Tabernáculo onde o sacerdote através do sacrifício de um cordeiro sem mácula, no altar de Deus o oferecia e assim nossos pecados eram apagados, mas após a vinda de Jesus, através do Seu sacrificado no madeiro nossos pecados foram todos perdoados não havendo com isto mais a necessidade de sacrifícios de cordeiros, pois o cordeiro homem se sacrificou por nós.
Tornará a apiedar-se de nós; sujeitará as nossas iniquidades, e tu lançarás todos os seus pecados nas profundezas do mar. Miquéias – Capítulo 7 verso 19

Muitas pessoas não levam isto muito a sério ou ainda não entenderam o sentido real do martírio e sacrifício de Jesus por nós, pois constantemente estão cometendo pecados e sempre indo a presença de Deus em orações para pedir perdão pelos seus pecados. Mas aquele que já entendeu o sentido real da morte de Cristo na cruz do calvário não permanece nesse erro, e sempre está em constante luta consigo mesmo para não cair em erros e consequentemente no pecado. Fácil não é, mas impossível também não é, basta que vivamos um dia de cada vez e que em cada dia lembremos sempre do que as escrituras têm para dizer a respeito do nosso comportamento diário para vencer as ciladas que o mal sempre preparará para derrubar os que seguem a Jesus Cristo.

Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto. Salmos 32 verso 1

E dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho. Marcos – Capítulo 1 verso 15

Antes da vinda de Jesus Cristo vivianos debaixo da lei mas após a sua chegada e partida passamos a viver pela graça e Sua redenção. A lei era forte e impunha ao homem ordenanças pesadas que ele deveria cumprir se não estaria condenado a imposições graves, mas com a lei de amor trazida por Jesus, passamos a viver não mais pela dor mas pelo amor, pela graça. Hoje ainda o pecado está latente no coração humano, sinal que o homem ainda não está vivendo pela graça, mas debaixo da lei e isto muitas vezes está trazendo penalizações fortes pois onde impera o pecado também impera o mal. Deus quando corrige, corrige com amor, mas o dono do mal quando faz suas cobranças geralmente são desagradáveis e aqueles que preferiram a porta larga que a estreita paga um preço muito alto e isto é a lei se cumprindo.

Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus. Romanos – Capítulo 3 verso 24

Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça; Romanos – Capítulo 5 verso 20

Concluindo o estudo com estes dois versículos, podemos entender que aqueles que estão debaixo da graça não estão debaixo da lei e consequentemente o pecado não tem domino sobre ele e por meio da graça somos salvos, por meio da fé. O Espirito Santo deixa bem claro que esse dom não vem de nós é dom que vem de Deus, que nos foi dado depois que Jesus rompeu o véu que nos impedia de ir ao Pai e hoje temos plena condição através de nossas orações e petições de nos dirigirmos a Deus, pois o próprio Jesus disse que tudo que pedíssemos ao Pai em nome dEle Ele nos daria, claro que nossos pedidos têm que ter clareza e coerência, pois geralmente vamos até Deus em nome de Jesus para pedir alguma coisa e por conseguinte ficamos decepcionados em não sermos atendidos e começamos a questionar Deus porque não fomos atendidos. Ai vem a pergunta:

- Será que o que estou pedindo seria o melhor para mim?
- Será que já não fui atendido de uma outra maneira e ainda não percebi?
- Deus está em silêncio comigo porque não sou merecedor do que estou pedindo?
- Se receber o que estou pedindo continuarei nos caminhos do Senhor?
- Cumpro fielmente o que a Palavra de Deus preconiza para minha vida?
- Não tenho vergonha de dizer que sou Cristão?
- Já aceitei Jesus como meu Senhor e Único Salvador?

São muitas as perguntas que devo fazer antes de pedir alguma coisa para Deus para depois não ficar decepcionado e começar a murmurar e a dizer coisas que vão lhe fazer pecar.

Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça. Romanos – Capítulo 6 verso 14

Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Efésios – Capítulo 2 verso 8



Transcrições BíblicasAlmeida Corrigida e Revisada FielBíblia Online

O HOMEM E O PECADO

E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.  Gênesis – Capítulo 1 verso 27 Como também nos el...