quinta-feira, 10 de abril de 2014

PORQUE NÃO COMEMORAMOS A MORTE DE JESUS TODO ANO?

Porque eu recebi do Senhor o que também vos ensinei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão;
E, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim.
Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim.
Porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor, até que venha.
1 Coríntios - Capítulo 11 verso 23 a 26


O ensinamento que Jesus deixou para nós a respeito da sua morte foi que quando participássemos da Santa Ceia, lembrássemos do seu martírio no calvário e não que deveríamos numa época específica comemorar todo aquele martírio pelo qual Ele passou desde a sua prisão até sua crucificação no calvário. Jesus disse sim que nós deveríamos lembrar sim da real finalidade de todo o martírio pelo qual Ele passou inclusive no nosso lugar, pois se Ele não estivesse vindo e morrido por nós quem iria ter que passar pelo martírio seriamos nós.

Devemos lembrar sim da ressurreição, pois ao terceiro dia Ele subiu aos céus e prometeu que irá voltar para nos buscar um dia que só Deus Pai sabe.

O povo de Israel quando andava pelo deserto no tempo de Moisés sempre tinha que matar um cordeiro sem mácula para que os pecados do povo fossem perdoados, pois essa era uma exigência de Deus. Mas depois da vinda de Jesus e de sua morte Ele mesmo disse que não haveria mais necessidade desse martírio, pois o cordeiro tinha vindo e morrido pelos nossos pecados e todo aquele que crer será salvo.

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.
Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.
João - Capítulo 3 verso 16 a 18

Se todo ano eu tiver que comemorar a morte de Jesus, passando pelas mesmas situações que Ele passou, volto lá no povo de Israel no tempo de Moisés que tinha que matar um cordeiro de tempos em tempos para perdão dos pecados. Aquele tempo já se foi e hoje somos libertos ou não dos pecados através da nossa aceitação ou não de crer na vinda de Jesus e de seu martírio, pois no Evangelho de João é muito claro quando Ele escreve que todo aquele que nEle crê está salvo e o que não crê está condenado.

Não estou com isto criticando ninguém, religião nenhuma, cada um entenda como quiser, mas quem estuda a Palavra de Deus como eu estou estudando entendo muito bem que o            que vale hoje para comemorarmos é a Ceia do Senhor e entender que Jesus está vivo e virá para buscar sua igreja que somos todos nós os cristãos. O martírio foi uma só vez e que não há mais necessidade para aquele que crê de ficar comemorando todo ano a morte de Jesus.

E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também. João - Capítulo 14 verso 3



Transcrições Bíblicas - Almeida Corrigida e Revisada Fiel - Bíblia Online

quinta-feira, 3 de abril de 2014

EXISTE MESMO A REENCARNAÇÃO?

E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo,
Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação.
Hebreus – Capítulo 9 versos 27 e 28

Na carta que Paulo escreveu aos Hebreus, ele destaca como será o fim do homem na terra e deixa bem claro que morreremos uma só vez e depois seremos levados ao julgamento diante de Deus Pai.

Salomão também escreveu a respeito do juízo onde todos seremos levados no final da nossa jornada pela terra, a presença de Deus para o grande julgamento e isto se dará com a volta de Jesus.

Alegra-te, jovem, na tua mocidade, e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade, e anda pelos caminhos do teu coração, e pela vista dos teus olhos; sabe, porém, que por todas estas coisas te trará Deus a juízo. Eclesiastes – Capítulo 11 verso 9

Até certa época da minha vida acreditava que viria a terra várias vezes para expurgar meus pecados em uma nova vida e ao final de várias idas e vindas chegaria a  pureza espiritual e me tornaria um ser angelical, mas estava enganado, pois estudando a Palavra de Deus não encontrei em parte alguma relatos a respeito. Hoje mais maduro realmente creio que estava indo na contra mão dos ensinos cristãos o que me levaria à perdição ou a segunda morte, pois na Palavra de Deus apenas existem citações de que no final da nossa vida dormimos e aguardamos a nova vinda de Jesus, pois isto é uma promessa e eu creio nesta promessa, pois olha o que o Apóstolo João escreveu a respeito:

Não vos maravilheis disto; porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz.
E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; e os que fizeram o mal para a ressurreição da condenação.
João - Capítulo 5 versos  28 e 29

Nós seremos julgados conforme o que Jesus Cristo pregou, e não há escapatória para esse julgamento, é uma promessa de Jesus, pois Ele veio para nos mostrar o caminho da salvação, mas muitos o rejeitaram, tenho certeza que eu não o rejeitei e não deixarei escapar minha salvação vou tentando colocar em prática o que Jesus Cristo ensinou naquela época e muitos até hoje não entenderam a real situação que levou Jesus vir até nós e morrer em nosso lugar, pregado numa cruz.

No dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens, por Jesus Cristo, segundo o meu evangelho. Romanos – Capítulo 2 verso 16

Lucas ao escrever Atos dos Apóstolos relata sobre o juízo, ou final dos tempos onde todos serão levados a presença de Deus para o julgamento conforme disse Jesus, mas esse dia somente Deus o sabe, pois o próprio Jesus deixou isto bem claro que Ele voltaria, mas somente o Pai sabe o dia e que nós deveríamos estar preparados para esse dia, em todo o momento para não sermos pegos de surpresa.

Porquanto tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do homem que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dentre os mortos. Atos dos Apóstolos – Capítulo 17 verso 31

Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos que estão no céu, nem o Filho, senão o Pai. Marcos – Capítulo 13 verso 32

Ao final do estudo realmente estou convicto de que não existe a tal falada reencarnação, pois em lugar algum da Palavra de Deus está escrito a respeito, somente que quando morremos dormimos, nossa carne volta ao pó da terra e o espírito volta para Deus de onde ele deu a origem da alma. Concluo também que alma é a união do corpo e espírito, ou seja, o homem vivente, e espírito a essência colocada por Deus nesse corpo, como aconteceu com Adão quando foi formado. Deus fez um corpo do barro da terra e nele colocou o sopro da vida, vindo com isto a ser Adão, ou ser humano feito de corpo e espírito.

Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, e foi feito as primícias dos que dormem. 1 Coríntios  - Capítulo 15 verso 20

Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele. 1 Tessalonicenses – Capítulo 4 verso 14



Transcrições Bíblicas - Almeida Corrigida e Revisada Fiel - Bíblia Online

MOMENTOS DE ANGUSTIA E AFASTAMENTO DE DEUS

E, entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram; E eis que no mar se levantou uma tempestade, tão grande que o barco era coberto pe...