quarta-feira, 25 de setembro de 2013

O PECADO!

Há vários dias venho trabalhando meu interior a respeito do pecado. Estou lendo um livro da Joyce Meyer onde ela fala que até preocupação é pecado e custei a entender. Só entendi quando ela relata que quando fico preocupado demonstro que não confio no Deus que sirvo um Deus fiel, agradável e que tem o controle de todas as coisas. Muitas vezes esquecemos que temos um advogado a nosso favor junto ao Juiz Supremo que é Deus e este advogado é o Senhor Jesus.

Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus Nosso Senhor. Romanos – Capítulo 6 verso 23

O Apóstolo Paulo travava uma luta muito intensa com ele mesmo a respeito do erro e conseqüentemente o pecado. Ele citou isto várias vezes em suas cartas, pois ele militava contra a carne que queria sobrepor ao espírito.

Quantos de nós hoje não estamos deixando a carne sobrepor o espírito? Por isto que temos que meditar dia e noite na Palavra de Deus, pois somente através da Palavra de Deus é que vamos conhecer os nossos erros e nossos pecados. Eu mesmo travo uma luta muito grande em minha mente a respeito de pensamentos que vem e tentam dominar minha mente, mas sempre estou orando e lembrando-se de Efésios 6 a partir do versículo 10, “As Armaduras de Deus”, onde Paulo nos induz a vestir esta armadura que irá nos proteger contra as ciladas do mal nas nossas vidas, no versículo 17 nos é apresentado o Capacete da Salvação que devemos usar para proteger nossa mente, contra os pensamentos indesejados.

Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim. Romanos – Capítulo 7 verso 20

Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço. Romanos – Capítulo 7 verso 19

Todo cristão sabe que o pecado originou-se primeiramente pela rebelião de lúcifer e depois no Jardim do Éden através do homem e da mulher, Adão e Eva e todos nós recebemos essa mácula do pecado passado por eles e satanás tenta nos comprar com a desobediência nos induzindo ao erro e conseqüentemente o pecado, só que temos que lembrar que o salário do pecado é a morte.

Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram. Romanos – Capítulo 5 verso 12

Toda a iniqüidade é pecado, e há pecado que não é para morte.1 João – Capítulo 5 verso 17

Toda rebeldia contra as leis naturais de Deus, é pecado, mas temos um intercessor nosso junto ao Pai que veio a terra unicamente para nos libertar da escravidão do pecado. Mas devemos lembrar que existe pecado que é para a morte, mas existe um que é para a morte eterna, que é a blasfêmia contra o Espírito Santo, esse não tem perdão, pois está explícito na Palavra de Deus. Devemos entender também que não existe pecado menor e nem maior toda desobediência ou rebeldia contra os preceitos de Deus tem o mesmo peso, é pecado.

Se alguém vir pecar seu irmão, pecado que não é para morte, orará, e Deus dará a vida àqueles que não pecarem para morte. Há pecado para morte, e por esse não digo que ore. 1 João – Capítulo 5 verso 16

Portanto, eu vos digo: Todo o pecado e blasfêmia se perdoará aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada aos homens. Mateus – Capítulo 12 verso 31

A Palavra de Deus inclusive fala que existem pecados que são para a morte e esse nós não devemos orar por eles, mas aqueles que não são para a morte, esses sim Deus dará o perdão. Como distinguir quais são os pecados para a morte e os que não o são, isto só o Espírito Santo pode nos revelar, basta que o busquemos de todo o coração que Ele vem e nos mostra.

Se alguém vir pecar seu irmão, pecado que não é para morte, orará, e Deus dará a vida àqueles que não pecarem para a morte, Há pecado para morte, e por esse não digo que ore. 1 João - Capítulo 5 verso 16

Na conclusão do estudo, verificamos que todos nós homens temos inclinação para o pecado, pois muitas vezes deixamos com que a nossa carne milite contra o espírito e com isto somos levados aos erros carnais deste mundo tenebroso que anda no pecado desde a queda do homem no paraíso.

Quando Deus criou o homem Ele já sabia que sua queda seria eminente e após a queda veio à desonra da família com a primeira morte, por Caim matando Abel e daí por diante a humanidade vem pagando um preço muito alto a respeito do pecado pela desobediência aos preceitos traçados por Deus. Aquele que acha que vai deixar para depois para resolver o problema da desobediência está enganado, pois muitas vezes o preço a pagar é muito alto inclusive com a morte eterna, pois no julgamento todos terão que dar conta de seus atos aqui na terra.

O pensamento do tolo é pecado, e abominável aos homens é o escarnecedor. Provérbios – Capítulo 24 verso 9

Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Romanos – Capítulo 8 verso 6

Qualquer que comete pecado, também comete iniqüidade; porque o pecado é iniqüidade. 1 João – Capítulo 3 verso 4

Como a justiça encaminha para a vida, assim o que segue o mal vai para a sua morte. Provérbios – Capítulo 11 verso 19



Transcrições Bíblicas - Almeida Corrigida e Revisada Fiel - Bíblia Online

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

CONHECEMOS REALMENTE NOSSO DEUS?

E eles voltaram de espiar a terra, ao fim de quarenta dias.
E caminharam, e vieram a Moisés e a Arão, e a toda a congregação dos filhos de Israel no deserto de Parã, em Cades; e deram-lhes notícias, a eles, e a toda a congregação, e mostraram-lhes o fruto da terra.
E contaram-lhe, e disseram: Fomos à terra a que nos enviaste; e verdadeiramente mana leite e mel, e este é o seu fruto.
O povo, porém, que habita nessa terra é poderoso, e as cidades fortificadas e mui grandes; e também ali vimos os filhos de Anaque.
Os amalequitas habitam na terra do sul; e os heteus, e os jebuseus, e os amorreus habitam na montanha; e os cananeus habitam junto do mar, e pela margem do Jordão.
Então Calebe fez calar o povo perante Moisés, e disse: Certamente subiremos e a possuiremos em herança; porque seguramente prevaleceremos contra ela.
Porém, os homens que com ele subiram disseram: Não poderemos subir contra aquele povo, porque é mais forte do que nós.
E infamaram a terra que tinham espiado, dizendo aos filhos de Israel: A terra, pela qual passamos a espiá-la, é terra que consome os seus moradores; e todo o povo que vimos nela são homens de grande estatura.
Também vimos ali gigantes, filhos de Anaque, descendentes dos gigantes; e éramos aos nossos olhos como gafanhotos, e assim também éramos aos seus olhos
. Números – Capítulo 13 versos de 25 a 33

O povo de Deus quando saiu da escravidão do Egito, foi levado para o deserto a caminho de uma terra que Deus havia preparado para eles e que lá teriam tudo o que precisavam para construir suas cidades e ali permanecer até a vinda do Salvador. Mas através da desobediência eles permaneceram 40 anos no deserto até chegar próximo a Canaã. Moisés destacou doze espias para ir até Canaã e verificar como era a terra.

Após o retorno dos espias, relataram a Moisés o que haviam achado e que realmente a terra era boa, mas era habitada por gigantes e que eles eram como gafanhotos e muito fortes, causando no povo um grande desânimo, pois passaram a temer o que havia de encontrar pela frente.

Josué e Calebe não se deram por vencidos e começaram a falar ao povo que se Deus os levara até ali é porque Deus tinha o melhor para lhes.

A nossa vida é semelhante a estes espias, pois como filhos de Deus temos tudo para vencer os gigantes que se apresentam para nós, só que ao invés de crermos no Deus que servimos começamos a lamentar que não iremos conseguir vencer e o desanimo toma conta de nós e muitas vezes o que iria ser bom deixamos escapar das nossas mãos.

Quando Davi lutou com o gigante Golias, ele tinha certeza que iria vencer, pois conhecia o seu Deus e como já havia vencido um urso e um leão sabia que mesmo pequeno diante daquele gigante ele tinha um Deus que não o abandonaria jamais, pois ele era fiel  e Ele lhe daria a vitória.

Então foi revelado o mistério a Daniel numa visão de noite; então Daniel louvou o Deus do céu.
Falou Daniel, dizendo: Seja bendito o nome de Deus de eternidade a eternidade, porque dele são a sabedoria e a força;
E ele muda os tempos e as estações; ele remove os reis e estabelece os reis; ele dá sabedoria aos sábios e conhecimento aos entendidos.
Daniel – Capítulo  2 versos de 19 a 21

Quantos ursos e leões conseguimos vencer, mas quando um gigante se apresenta diante de nós achamos que o mundo vai acabar que não conseguiremos vencer. Todos temos que lutar como Josué, Calebe, Davi e muitos outros e vencer as muralhas de Jericó que se apresentarem a nossa frente, pois nós somos vencedores. Como diz o escritor Augusto Cury, nós somos os maiores vencedores, pois fomos o espermatozóide mais veloz e o que conseguiu chegar à frente e fecundar o óvulo, pois muitos ficaram pelo caminho.

No Capítulo 14 do livro de Números, o povo começa a prantear e a murmurar contra Deus, dizendo que era melhor terem ficado no cativeiro, no Egito do que serem levados para aquele lugar. Quantos de nós muitas vezes não achamos que seria melhor morrer do que ter que caminhar mais um pouco e lutar contra os gigantes que se apresentam para nós, esquecendo que se aqui estamos foi porque Deus quis que aqui estivéssemos para lutar e vencer, pois só de sermos filhos de Deus já somos vencedores e mais ainda, quando o desânimo vier temos de lembrar o sacrifício de Jesus a nosso favor, pois Ele veio até nós como homem, venceu as barreiras que foram colocadas a sua frente e no final, mesmo sendo crucificado, saiu vencedor e as portas do céu foram abertas novamente para nós e ainda disse que voltaria para nos buscar.

Que homem é este que mesmo sendo hostilizado, esbofeteado pregado em uma cruz ao lado de dois ladrões, ainda deu o perdão a um deles e pediu ao Pai que nos perdoasse porque não sabíamos o que estávamos fazendo.

Concluído o estudo, verificamos que todos nós independente de cor, raça, religião temos problemas e muitas vezes eles se agigantam porque nós os tornamos gigantes, pois para Davi, Golias era um homem como todo homem, só um pouco mais alto, mas tinha as mesmas fraquezas que ele e que não servia ao Deus que Davi servia, mas servia a outros deuses que já são vencidos e condenados ao fogo eterno. E nós será que conhecemos verdadeiramente o Deus a que servimos? Se sim, então vamos à luta porque com o nosso Deus verdadeiro, tudo conspira a nosso favor, pois somos mais do que vencedores.

Meus irmãos, tende grande gozo quando cairdes em várias tentações;
Sabendo que a prova da vossa fé opera a paciência.
Tiago – Capítulo 1 versos 2 e 3


Transcrições Bíblicas - Almeida Corrigida e Revisada Fiel - Bíblia Online

MOMENTOS DE ANGUSTIA E AFASTAMENTO DE DEUS

E, entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram; E eis que no mar se levantou uma tempestade, tão grande que o barco era coberto pe...