terça-feira, 4 de janeiro de 2011

QUE MUNDO É ESSE EM QUE ESTAMOS VIVENDO?

Numa transcrição do livro, Deus e a Cabana de Roger E. Olson tem um trecho que diz o seguinte:

Então, onde está Deus quando males horríveis acontecem? Ele simplesmente está lhes assistindo acontecer? Será que ele grita ordens para nós, mas se recusa a participar?”

Hoje vivemos num mundo onde todo mundo desconfia de todo mundo, ninguém anda mais com segurança principalmente nos grandes centros, casas cada vez mais viram fortalezas e assim por diante.

Se uma pessoa vem lhe pedir alguma ajuda você logo desconfia, e pensa que ela está é querendo alguma coisa para adquirir drogas ou lhe roubar. Que mundo é esse em que estamos vivendo.

Alguns dizem que são momentos da modernidade, outros que são os finais dos tempos, mas eu tenho uma resposta para tudo isto.

Ora, tudo isto lhes sobreveio como figuras, e estão escritas para aviso nosso, para quem já são chegados os fins dos séculos – 1 Corintios Cap. 10 V11

Jesus deixou bem claro também que haveria um tempo em que as famílias estariam em conflito e muitas seriam destruídas, creio eu que essa destruição vem através da falta de perdão de diálogo e muita humildade que é o que está faltando na sociedade de hoje. Não devemos confundir humildade com simplicidade, pois muitas vezes a pessoa é muito simples, mas não humilde. Reflita sobre o texto bíblico a seguir...

O pai estará dividido contra o filho, e o filho contra o pai; a mãe contra a filha, e a filha contra a mãe; a sogra contra sua nora, e a nora contra sua sogra. Lucas 12:53

Jesus muitas vezes disse também, que nós iríamos amar mais as coisas terrenas que as espirituais, amaríamos mais a criatura que o Criador. Hoje vemos muito bem isto. Pessoas que só não morrem quando perdem um ente querido ou um bem material porque Deus não permite, mas lembre-se, Ele dá o conforto espiritual. Sei que é difícil a perda, pois já perdi minha mãe e meu pai aqui na terra, mas sei que tudo passa e quando nos apegamos em Deus o conforto é mais rápido.

Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim. Mateus 10:37

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FILHOS DO AMOR OU DA PERDIÇÃO!

Vivemos momentos difíceis hoje em nosso País aonde a corrupção chegou há um ponto que muitas vezes nem acreditamos em mais nada e ninguém...