quinta-feira, 18 de março de 2010

ALIANÇA COM DEUS

Deus sempre fez aliança com o homem, desde o velho testamento até o novo onde Jesus na sua passagem pela terra como homem, encerrou com a aliança do pão e do vinho na Santa Ceia. Mas por que Santa Ceia?

                        Pois quando Jesus reuniu os 12 apóstolos e durante a celebração da Santa Ceia ele mesmo disse que aquele ato deveria ser lembrado para sempre até a sua volta. Ele deixou bem claro que quem bebesse do cálice e comesse do pão e estivesse em pecado seria réu do sangue e do corpo de Cristo e não seria merecedor da sua glória.

As alianças de Deus com o povo sempre tiveram cunho de tentar de alguma forma levar o homem até o Criador e geralmente essas alianças foram feitas em momentos que o homem mais se encontrava afastado dos seus princípios e sofria muito. Deus através de sua misericórdia vinha em socorro do homem e fazia uma nova aliança, mas o homem começava a ficar bem e novamente se afastava dos caminhos os quais foram traçados na aliança de Deus com ele.

Citamos algumas alianças descritas na Palavra de Deus para que possamos refletir um pouco e repensar        quanto aos caminhos da humanidade nos dias de hoje.

Abraão
                        E estabelecerei a minha aliança entre mim e ti e a tua descendência depois de ti em suas gerações, por aliança perpétua, para te ser a ti por Deus, e à tua descendência depois de ti. Genesis Cap 17 V. 7

Moisés

Estas são as palavras da aliança que o SENHOR ordenou a Moisés que fizesse com os filhos de Israel, na terra de Moabe, além da aliança que fizera com eles em Horebe. Deuteronômio Cap 29 V. 1

Guardai, pois, as palavras desta aliança, e cumpri-as, para que prospereis em tudo quanto fizerdes. Deuteronômio Cap 29 V. 9
  
Nós os crentes, todos os primeiros domingos do mês em algumas denominações, celebramos a Ceia do Senhor. Mas creio que muitos dentro das igrejas não sabem o verdadeiro sentido dessa celebração.  Naquele momento Jesus nos chamou novamente a voltar a nos aproximar de Deus, pois o povo andava por outros caminhos que não os caminhos do Senhor.
Jesus deixou bem claro que Ele daria o seu corpo e o seu sangue para que todo aquele que nEle crer seja salvo. É um momento de reflexão, de pedir perdão pelos nossos pecados e voltar novamente para os braços do Pai. A partir dali o véu que nos separava do amor de Deus se rompeu e uma porta foi aberta para que nós pudéssemos chegar até Deus, essa porta era Ele, Jesus.

Muitos de nós ainda não entendemos o porquê desse véu e porque ele foi rasgado. Mas tenho certeza que quando buscamos na Palavra de Deus encontramos lá no velho testamento, sobre o tabernáculo onde havia o pátio, o Santo e o Santo dos Santos onde neste último apenas o sacerdote entrava para falar diretamente com Deus. A partir da morte de Jesus as cadeias foram quebradas e nós passamos a tê-lo como intermediário junto a Deus para falar conosco. Pois Jesus disse E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. João Cap 14 V13”

Jesus

E a Jesus, o Mediador de uma nova aliança, e ao sangue da aspersão, que fala melhor do que o de Abel. Hebreus Cap. 12 V.24

Para manifestar misericórdia a nossos pais, E lembrar-se da sua santa aliança, Lucas Cap 1 V.72

Mas digo isto: Que tendo sido a aliança anteriormente confirmada por Deus em Cristo, a lei, que veio quatrocentos e trinta anos depois, não a invalida, de forma a abolir a promessa. Gálatas Cap 3 V.17

Mas Jesus, dando um grande brado, expirou. Então o véu do santuário se rasgou em dois, de alto a baixo. Marcos Cap 15 V.37 a 38

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MOMENTOS DE ANGUSTIA E AFASTAMENTO DE DEUS

E, entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram; E eis que no mar se levantou uma tempestade, tão grande que o barco era coberto pe...